sábado, janeiro 24, 2015

Quarteis dos Bombeiros poderão fechar as portas
Anderson Rodrigues06:08 0 comentários

Publicamos aqui no blog essa semana uma matéria "BM terá redução de 40% das horas extras" nesta postagem temos a palavra  do Subcomandante da Brigada Militar  Paulo Moacyr Stocker dos Santos garantindo que a população não sentirá o reflexo dos cortes do governo na área da segurança pública e que os Brigadianos continurão nas ruas prestando  serviço ostensivo. Mas e o Corpo de Bombeiros? Eles ainda fazem parte da BM e estão sendo penalizados pelo governador com a redução das horas extras, quem vai sentir isso será a sociedade.


Unidade do bairro Mathias Velho, em Canoas, foi a primeira, nesta sexta



O corte no pagamento de horas extras por parte do governo Sartori levou o Corpo de Bombeiros a fechar, nesta sexta-feira, o quartel do bairro Mathias Velho, em Canoas, um dos que funciona na cidade. Com baixo efetivo, a corporação advertiu que parte das unidades da região Metropolitana também deixa de atender, a partir de segunda-feira.
Conforme o comandante dos Bombeiros, coronel Evilton Pereira Diaz, caso as horas extras não sejam liberadas para a corporação, mais quartéis serão fechados até o fim do mês.
Na região de Gravataí, Cachoeirinha e Alvorada, os trabalhos vão funcionar por meio de rodízio. Duas serão fechadas por dia, liberando apenas uma para atender as três cidades.
Na próxima semana, também serão fechadas unidades em cidades que possuem mais de um quartel, como Pelotas, Rio Grande e Santa Cruz do Sul. “Nós vamos, primeiramente, fechar as sedes administrativas e de prevenção para tentar manter o mínimo dos serviços de combate a incêndio da população”, explica.
Em média, o governo paga 70 mil horas extras por mês aos bombeiros para suprir a carência de efetivo. A carga horária de um bombeiro é de 40 horas semanais. Com as horas extras, até 70 horas de trabalho são realizadas pelo efetivo. Hoje, o deficit é de 45% na corporação. O comandante informou que há hoje 2.685 policiais nos 104 quartéis, contra um ideal de 4.450.

Fonte:Lucas Rivas/Rádio Guaíba
Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!