sexta-feira, fevereiro 10, 2012

Salário inicial do soldado de todo Brasil‏
Anderson Rodrigues04:41 0 comentários


Em ao menos 21 Estados, policiais militares em início de carreira recebem quantia inferior a R$ 2.500. O salário inicial de um policial na Bahia, onde uma greve por reajuste salarial já dura nove dias, está entre esses Estados: R$ 2.173,87. No entanto, o piso nacional almejado pelos policiais é de no mínimo R$ 3.500.
O salário mais baixo entre as 24 unidades da federação que passaram informações ao iG é o do Paraná. Lá, soldados ganham R$ 1.219,19. Na sequencia, vem o Mato Grosso com R$ 1.236,96.
No Rio de Janeiro e em São Paulo, o salário também não chega aos R$ 2.500. Em São Paulo, o piso está em R$ 2.365,78 e no Rio, R$ 1.450. A categoria fluminense prometeu suspender as atividades para reivindicar o aumento do piso salarial para R$ 3.500.
Das unidades da federação ouvidas, apenas três têm salário acima de R$ 2.500 - Santa Catarina, R$ 2.671,89 e Goiás, R$ 2.712 - e somente o Distrito Federal paga R$ 4.000, o maior salário do País. Todos as Secretarias das Seguranças foram procuradas, mas até a conclusão desta reportagem, três não haviam informado o salário dos policiais.




Foto: AE
Policiais em São Paulo
Se as reivindicações dos policias da Bahia forem atendidas, o salário da categoria deve chegar a cerca de R$ 2.600. Maranhão e Ceará, que também passaram por greves recentes, terão reajustes salariais nos próximos meses.
A reboque do protesto que ocorre na Bahia, associações de soldados e cabos em ao menos oito Estados ameaçam também entrar em greve já que o Congresso Nacional não deve desengavetara tramitação da chamada PEC 300, que estabelece o piso salarial nacional para os policiais militares.
Os Estados considerados em “iminência” de paralisação, segundo blogs que acompanham a greve dos policiais, são Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Roraima.


Estado
Salário inicial do soldado
Observações
Distrito Federal
R$ 4.000,00
Com benefícios
Goiás
R$ 2.712,00

Santa Catarina
R$ 2.617,89
Com benefícios (estímulo operacional e auxilio alimentação)
Espírito Santo
R$ 2.421,76

São Paulo
R$ 2.365,78
Com benefícios
Pará
R$ 2.253,20
Com gratificação
Minas Gerais
R$ 2.245,91

Bahia
R$ 2.173,87
Com gratificações
Pernambuco
R$ 2.100,00

Amapá
R$ 2.070,00

Paraíba
R$ 2.031,19
com gratificações
Maranhão
R$ 2.028,00

Sergipe
R$ 1.981,88

Rio Grande do Norte
 R$ 1.976,00

Rio Grande do Sul
R$ 1.921,83
Com benefícios e sem tempo de serviço (vigência abril 2012)
Mato Grosso do Sul
R$ 1.850,00

Alagoas
R$ 1.847,48

Piauí
R$ 1.704,00

Ceará
R$ 1.606,01
Sofrerá reajuste em breve, retroativo após a greve
Amazonas
R$ 1.600,00
Com benefícios
Rio de Janeiro
R$ 1.450,00

Acre
 R$ 1.299,81

Mato Grosso
R$ 1.236,96

Paraná
R$ 1.219,19


Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!