quinta-feira, setembro 15, 2011

Notícias das Manifestações dos Brigadianos
Associação de Cabos e Soldados PM JAR08:03 0 comentários

Protesto com queima de pneus tem suspeita de bomba na BR-47

Joice Bacelo | Zero Hora

Um protesto com queima de pneus registrado no extremo sul do Estado se apresenta com um agravante: há suspeita de bomba no local da manifestação. Desde às 6h40min, a pista da rodovia que liga Santa Vitória do Palmar a Pelotas (BR-471) está interrompida no quilômetro 665, cerca de oito quilômetros de distância do trevo de acesso a Santa Vitória.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acionou o esquadrão antibombas da Brigada Militar, que está se deslocando de Porto Alegre até o local do protesto em um helicóptero. A previsão é de que a equipe especializada chegue em Santa Vitória do Palmar por volta do meio-dia. O trânsito, neste momento, está sendo desviado pelo acostamento.

A suposta bomba estaria dentro de um saco preto que tem dois fios conectados a um celular, deixado na rodovia durante o protesto com a queima de pneus. Uma faixa com a inscrição “PM – Pinico PTarso” foi encontrada pela PRF no local.


Suspeita de explosivo bloqueia ruas do centro de Porto Alegre

Uma suspeita de explosivo bloqueou a Avenida Borges de Medeiros, em Porto Alegre, nos dois sentidos, na manhã desta quinta-feira (15). O Grupo de Ações Táticas (Gate) foi chamado para desarmar o artefato, que estava pendurado em um boneco vestido de policial militar.
Por volta das 8h, após a retirada do objeto, foi constatado que não havia explosivos, apenas papelão e fios de cobre. A ação fez parte dos protestos por reajuste salarial dos policiais militares do Rio Grande do Sul.
Por conta do avanço destas manifestações, o governador Tarso Genro convocou uma reunião de emergência com a cúpula de segurança. O encontro ocorreu no Palácio Piratini e contou com a presença do secretário de segurança, Airton Michels, do comandante da Brigada Militar, coronel Sérgio Abreu, e do chefe da Casa Civil, Carlos Pestana.

OPINIÃO:
Está evidente o descontentamento da tropa com a proposta do governo do estado, por mais que a ABAMF diga que tem a tropa na mão e haja como delator dos policiais militares que estão manifestando sua indignação, os protestos estão a cada momento tomando dimensões cada vez maior, e eu digo pra sociedade, essa é a hora que todos nós devemos temer. Como viver em sociedade sem a Polícia? Tranquem suas portas.
Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!