segunda-feira, agosto 08, 2011

PMs VIAJAM A BRASILIA LUTAR PELA PEC 300
Associação de Cabos e Soldados PM JAR11:59 0 comentários

Está marcado para esta terça-feira (09), uma grande concentração de policiais militares e bombeiros militares, em Brasília, onde irão pressionar o presidente do congresso nacional para colocar e pauta e posteriormente votar a PEC 300.

O presidente e o vice da Amese, sargentos Jorge Vieira e Edgard Menezes, estarão presentes a essa concentração. Os militares viajam na madrugada desta terça-feira, já que tiveram o patrocínio do deputado estadual capitão Samuel Barreto (PSL), que tambem luta para a aprovação da PEC.

O presidente da Amese, Jorge Vieira, explica que após a votação e aprovação deste projeto, os militares terão a garantia de valorização de seus salários. “A partir do momento em que for aprovado o nosso piso salarial, nós não teremos que todos os anos, sairmos em luta por melhores salários, pois todos os anos temos que fazer nova reivindicação. A partir da aprovação do projeto, o policial e bombeiro militar terão suas garantias”, explica Vieira.

Para o vice-presidente da associação, Edgard Menezes, será preciso maior interesse dos parlamentares, “principalmente do PT”. “Agora o que está faltando é apenas a bancada petista assinar a nosso favor, e toda essa polemica chega ao fim e isso iria beneficiar milhares de policiais militares e bombeiros militares”, disse Edgard complementando ainda que a viajem servirá também para buscar apoio para a votação da anistia aos militares. “Nós vamos aproveitar e iremos ao gabinete do senador Amorim pedir o apoio dele, para dar maior celeridade na votação do projeto que anistia militares que podem ser julgados e condenados, por terem participado de movimentos reivindicatórios, como é o caso de nossos irmãos da CiaPTur”, disse Edgard

Tanto Vieira como Edgard, fazem questão de frisar que a ida até a capital federal só foi possível, graças ao “empenho e companheirismo do deputado capitão Samuel, que é um batalhador incansável na defesa dos interesses dos militares”, disseram os sargentos.


Categoria:
Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!