sexta-feira, março 25, 2011

RESPOSTA da Associação
Associação de Cabos e Soldados PM JAR08:36 0 comentários

DE: Mika Rações PET SHOP

CONTINUAM SE PREOCUPANDO COM COISAS QUE NADA TEM A VER COM AS NESCESSIDADES DOS COLEGAS E SIM NO SEU MARKETING PESSOAL, ENQUANTO ISSO OS CONVÊNIOS VÃO DE MAL A PIOR.

“A natureza concedeu aos grandes homens a faculdade de fazer e aos outros a de julgar”.

Em resposta ao email recebido por nós da Associação de Cabos e Soldados, enviado pelos proprietários da Mika Rações Pet Shop.

A Associação de Cabos e Soldados Policiais Militares foi fundada em 15 de Junho de 1951, por tanto, são 60 anos de existência, sempre na luta em prol dos Policiais, Bombeiros e Familiares. A imagem coorporativa da Associação está sedimentada na sociedade Pelotense, sua importância é reconhecida pelos cidadãos de nossa entidade. Para a empresa Mika Rações a Associação preocupa-se com “coisas que nada tem a ver com as necessidades dos colega”. É evidente que diz isso, vive num mundo fechado e fora da realidade. A ACS JAR desenvolve três projetos de suma importância para os Policiais Militares e seus familiares. O projeto Chutando as Drogas desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Pelotas e o Ministério Público tem como público alvo, filhos de Policiais e Bombeiros Militares. O projeto conta com voluntários de diversas áreas, como as Psicólogas Lúcia Moro e Taís Moro que ministram palestras sobre Drogas lícitas e ilícitas, mercado de trabalho, conhecimento de diversas profissões, orientação vocacional. Ainda participam do projeto Chutando as Drogas os internos das Casas Lares do Ministério Público.

Também é desenvolvido pela a Associação o Projeto Social Ronda Brigadiana de Amigos. O Objetivo do projeto é auxiliar os Policiais, Bombeiros Militares e familiares, sem a pretensão de substituir o Estado, mas sim, minimizar a carência de recursos dos associados. O núcleo de Assistência Social repassa as cestas básicas - oriundas da parceria com o Ministério Público – para as famílias dos Militares. Ainda quando os Policiais são acometidos por sinistros, enchente, o núcleo de Assistência social mobiliza-se para ajudar, promovendo ações para angariar fundos e repassar imediatamente aos atingidos. Exemplo disso, foi a grande mobilização que a Associação empenhou para auxiliar o Soldado da Brigada Militar que infelizmente perdeu tudo num incêndio de sua residência. E no fato mais recente, a enchente que assolou a comunidadeLourenciana, dentre os atingidos pela enxurrada estão vários Policiais e Bombeiros Militares que perderam tudo. O Presidente João Domingues esteve em São Lourenço para avaliar os danos sofridos pelos associados, e já agilizou doações de diversas partes do país, inclusive de Minas Gerais através da Associação de Cabos e Soldados daquele Estado.

A crítica é normal, faz parte do projeto democrático. Mas ela tem que vir com uma solução, não basta apontar o que está errado, mas sim mostrar alternativas para que tal ponto seja melhorado.

Logo, em relação a questão levantada pela Mika Rações “ENQUANTO ISSO OS CONVÊNIOS VÃO DE MAL A PIOR” . Podemos dizer que está afirmativa não é verdadeira, Citamos os convênios os quais os Associados podem usufruir. Clique aqui !

Volto a dizer que as Ações da Associação nada tem a ver com Marketing Pessoal como diz a Mika Rações, repito que a ACS JAR possui sua própria identidade corporativa, construída ao longo de seus 60 anos de existência. Por isso, convidamos as empresas a apoiar os projetos sociais desenvolvidos por nossa entidade.

Quanto aos Associados, podem ficar tranquilos. A Postura da ACS JAR continuará sendo sempre em defesa dos Praças. A ACS JAR conquistou o respeito e admiração da população no âmbito nacional, prova disso, é a nomeação do Presidente da ACS JAR Soldado João Domingues a Membro do Conselho Nacional de Segurança Pública (CONASP), também Assessor Jurídico da Associação Nacional dos Praças (ANASPRA), esse reconhecimento reflete o grande trabalho desenvolvido pelo Presidente Domingues, sempre empenhado na luta em favor da família Brigadiana.

Contudo, nos reportamos humildes aos nossos algozes, aqueles que ficam assistindo a distância nossas manifestações em prol do Bem-estar coletivo, aqueles que encolhem as mãos quando pedimos apoio em uma campanha solidária. Nós da Associação de Cabos e Soldados, queremos fazer sempre mais amigos, parceiros que vistam a camisa em prol de um ideal, pessoas, empresas, que caminhem juntos com a ACS JAR olhando para frente oferecendo oportunidades para as pessoas. Todos somos seres humanos, todos nós temos sonhos e planos, anseios, medos, fraquezas, somos finitos no universo, por tanto, devemos fazer sempre o bem e não apontar o dedo julgador para o próximo porque Quando apontar um dedo, não esqueça que os outros três apontam para você.

Agradecomentos:

Agradecemos a Ótica Máx pelo apoio ao Projeto Chutando as Drogas e a todas as ações sociais e solidárias desenvolvidas pela ACS JAR.

A MICROLINS por oportunizar o acesso ao conhecimento, através de uma bolsa, destinada a um Menino Carente morador do Loteamento Dunas que desloca-se a pé para participar do Projeto Chutando as Drogas na Agremiação Pelotense de Esportes, centro de Pelotas.

Ao IBCM empresa de Porto Alegre, com responsabilidade social, patrocina o projeto chutando as drogas.

A Oriental Presentes, do Proprietário Jurandir Baldez policial militar aposentado, que sabe a importância de ações preventivas contra a violência e uso de drogas.

Ao MBM de Pelotas e de Porto Alegre, empresa com responsabilidade social.

As Psicólogas Voluntárias Dra. Lúcia e Dra. Thaís Moro, pelo apoio ao projeto chutando as drogas.

Ao Jornal Diário Popular pelas matérias sobre o Projeto Chutando as Drogas e ações sociais desenvolvidas pela ACS JAR.

A TV UCPEL pela colaboração e divulgação dos projetos sociais desenvolvidos pela ACS JAR.

Enfim, a todos os amigos e colaboradores da Associação, e também nosso singelo agradecimento aos críticos.

“A natureza concedeu aos grandes homens a faculdade de fazer e aos outros a de julgar”.
(Vauvenargues)

Anderson Rodrigues

Assessor de Imprensa – ACS JAR

alor1313@r7.com


Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos pela Universidade Federal de Pelotas. Jornalista Registro Profissional 0019016/RS e Publicitário Registro Profissional 0001599/RS.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!