quarta-feira, agosto 11, 2010

Circular 001/2010
Associação de Cabos e Soldados PM JAR05:38 0 comentários

Viagem BRASÍLIA PEC 300

Foi apresentado na última assembléia uma proposta de levarmos uma delegação do Rio Grande do Sul para Brasília - Distrito Federal, quando da votação no SENADO, como forma de acompanhar e pressionar os parlamentares(dentro do sistema democrático de direito vigente no Brasil). Para que isso possa tornar –se realidade é preciso à capitação de recursos. Ao viajar a cidade de Piratini no mês de outubro de 2009 os associados presentes naquela noite fria, como sempre participativos em reuniões da associação naquele município sugeriram que fosse rateado entre os titulares e então poderíamos mandar uma delegação, assim como fazem outros estados, como o Rio Grande do Norte em viagens com duração de 40 horas de ida e mais 40 horas de volta. O povo gaúcho sempre foi ordeiro e lutador e na ex-capital do Estado surge então e ainda outra proposta, senão vejamos: Que em uma cidade como Piratini os próprios associados(as) dividiriam entre todos os custos de viagem de um representante local para acompanhar a delegação e dessa forma além de representá-los poderia esse PM trazer para discussão as demandas de outros Estados pelo intercambio com outros colegas PMS e BMs propiciado pela ida a Brasília e estaria, principalmente, habilitado a tirar todas as dúvidas da família brigadiana de Piratini. Mas não pararam por ai, eles inclusive escolheram na hora o associado Santo Furtado para representá-los.

Como o quadro de associados (as) atualmente é de mais de 1.100 associados(as) em 35 cidades e aqui cabe lembrar que eram apenas 260 associados quando aqui chegamos, começamos a discutir essa possibilidade em cada grupo a que tínhamos acesso. Sendo assim ficou decidido na assembléia, por sugestão de um dos associados presentes que poderíamos descontar de todo o quadro social uma parcela para custear a despesa dessa delegação. O valor sugerido foi de 01(uma) R$ 20,00(vinte reais) se for de ônibus e 02(duas) parcelas de R$ 20,00(vinte reais) se fosse de avião. Por sua vez a diretoria apresentaria os orçamentos em outra reunião e o quadro de associados iria decidir a forma de como viajaríamos ou não. Em orçamento de ônibus, com duração de 40hs ida e mais 40hs volta temos um custo de R$ 10.800,00(dez mil e oitocentos reais). Devemos lembrar que ainda devemos incluir alimentação e hospedagem para todos. Já com relação ao avião é possível passagens de R$ 159,00(cento e cinqüenta e nove reais) por pessoa com compradas na data de hoje (05/08/10) valor de ida e volta. No entanto, em compra com menos antecedência tem outros valores, por isso a nossa preocupação de aprovação da assembléia para que a pesquisa fosse realizada com a expectativa da organização de passagens e de debate da forma definitiva de custeio e de quem irá viajar, ou seja, qual critério de escolha entre os candidatos e/ou candidatas.

Aproveitamos para agradecer os associados(as) que comparecem as reuniões e/ou que nos acompanham nos movimentos de protesto, reivindicação ou de busca de melhores salários como aconteceu no ano passado, tendo inclusive associados(as) e/ou dependentes nos acompanhado com filhos pequenos e ainda sofrendo pressão de toda a ordem, como o forte calor, punições disciplinares, Pads e desgaste físico levando inclusive a desmaios na frente da Assembléia Legislativa. Naquele momento evidenciamos não uma luta do povo brigadiano , mas a bravura de alguns pelo povo brigadiano. Sabemos a dificuldade dos colegas e das suas famílias e por isso fomos a luta por todos nós e vencemos 52 a 0, naquele INESQUECIVEL dia 22 de dezembro de 2009. Devemos nos preparar em breve vem ai propostas de alteração e aumento do tempo de serviço dos ativos e quebra da paridade entre ativos e inativos, aumento do interstício entre graduações. Então, precisamos estar organizados para defender nosso direitos. Por isso associados(as) é aqueles(as) que comparecem lutam, decidem, escolhem por aqueles(as) que não podem, não souberam ou não quiseram participar. Não podemos deixar de lutar da mesma forma que não podemos pensar em levar uma delegação a capital federal como se fossemos ali na esquina. É longe, cansativo e alguém tem ser o responsável. Tem que entrar em contato com agencia de viagens, documentação, forma de pagamento, enfim não é tão fácil como possa parecer para ser organizado e bem representar a nossa entidade e o nosso Estado Gaúcho.

Não podemos deixar de participar afinal de contas o nosso é menor salário entre as Policias Militares e mesmo aquelas que tem uma salário melhor que o nosso estão lá em Brasília para ver e acompanhar o nascimento de uma PEC,fato histórico onde nossa categoria finalmente deixa de estar na manchetes somente por ocorrência que no entendimento de alguém não foi atendida com a celeridade que era necessária. Por isso neste dia 16 de agosto de 2010 as 10hs na sede da associação em uma reunião poderemos decidir juntos qual a decisão e o rumo que vamos tomar com relação a nossa participação nesta luta de classe. Todos(as) estão convidados(as).

Rede Tchê Farmácia

Informamos aos(as) associados(as) que e Rede Tchê Farmácia que mantém convênio com ACS JAR decidiu reduzir o valor por cartão para R$ 50,00(cinqüenta reais) por associado(a) não acumulativo, ou seja, apenas um cartão , podendo o titular manifestar por escrito para quem será liberado o cartão. Cabe lembrar aos associados(as) que nas cidades onde não tem rede Tchê a diretoria está tentando viabilizar outras farmácias para suprir essa possível demanda, obedecendo a característica de cada localidade.

Almoço Dançante

Neste dia 15 de agosto será realizado um almoço dançante comemorativo ao Dia dos Pais. Será servido um mocotó com opção de degustá-lo na sede da Associação ou de levar para casa. Os convites já estão a venda no RE(Matricula) para os associados(as) e dependentes. PARABÉNS A TODOS OS PAIS

Seguro de vida

Todos os associados(as) titulares com idade até 88 anos estão cobertos com um seguro da seguradora MONGERAL AEGON no valor de R$ 10.000,00(dez mil reais) a ser pago em espécie(dinheiro) por morte que não seja natural, ou seja, de fora para dentro(acidente, incêndio, tiro, facada, transito,...). È sabido que o custo de seguro de vida para servidores da segurança pública no Brasil é caro pelo risco. Diante desse fato e da grande procura de ajuda na associação devido a morte de Policiais Militares e Bombeiros Militares foi autorizado pela assembléia o aumento da mensalidade em R$ 2,00(dois reais) e dessa forma dar a segurança que todos nós tanto precisamos. Além da parceria para os familiares na Funerária São José.

Categoria:
Sobre o autor Anderson Rodrigues é Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda e graduando em Letras - Revisão e Redação de textos pela Universidade Federal de Pelotas. Jornalista Registro Profissional 0019016/RS e Publicitário Registro Profissional 0001599/RS.

0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião nos motiva a melhorar mais e mais!